5 vantagens da análise de óleo

A análise de óleo auxilia na redução de custos excessivos, troca constante de peças, perdas de produtividade e aumento do consumo. Esses são alguns dos principais problemas causados pela contaminação do óleo, seja por meio de partículas sólidas ou da água. Cabe destacar que evitar a contaminação é algo muito difícil de ser realizado, pois o problema pode ser causado por inúmeras situações do dia a dia. No entanto, as perdas e número de manutenções podem sim ser reduzidas (e até evitadas) por meio da análise de óleo.

São muitas as vantagens da análise de óleo, processo que, além de impedir perdas, ainda gera um aumento de produtividade. Além do mais, evita o pesadelo de ver máquinas paradas.

O que é análise de óleo?

A análise do óleo é uma das técnicas de monitoramento mais utilizadas no mundo, segundo a ALS. Com a análise de óleo podemos identificar falhas e agir antes que se tornem um problema; ter uma manutenção planejada; evitar danos severos ao óleo e aos equipamentos; aumentar o tempo de operação dos maquinários; ter informações em tempo real sobre a qualidade dos óleos e fluidos, entre muitos outros.

analise de oleo

Para que você entenda um pouco mais sobre a importância do tema, separamos 5 vantagens da análise de óleo. Acompanhe:

VANTAGENS DA ANÁLISE DE ÓLEO
1) Antecipação dos riscos

Melhor prevenir do que remediar. A análise de óleo atua como manutenção preditiva, isso porque o processo consegue detectar contaminantes que podem prejudicar o desempenho do equipamento. Desse modo, fica mais fácil encontrar soluções e, assim, antecipar riscos que podem gerar contratempos inesperados.

2) Redução de custos

Quanto antes detectado o problema, antes pode ser encontrada uma solução. Isso se aplica principalmente ao desgaste excessivo das peças, o que gera a necessidade constante de troca. Além disso, o óleo contaminado é um dos causadores da oxidação de bicos, bombas e motores de injeção, assim como da saturação precoce de filtros.

3) Aumento da produtividade

Óleo contaminado pode ser sinônimo do baixo desempenho de equipamentos na construção civil, na indústria, na agricultura e no transporte, por exemplo. Com isso, a análise de óleo pode funcionar como controle da contaminação no óleo, com coletas periódicas. Assim, previne que haja o acúmulo de poluentes no óleo e, desta forma, que interfira na potência dos equipamentos.

4) Redução de paradas por problemas inesperados

Com o óleo em boa qualidade e controlado pelas análises, paradas desnecessárias são evitadas. Além dos custos elevados do conserto, a máquina parada também interfere na finalização dos trabalhos, ou seja, mais gastos.

5) Aumento da vida útil dos equipamentos

Uma das principais vantagens da análise de óleo é o aumento da vida útil dos equipamentos. Com a análise de óleo em dia e verificação constante do óleo, o processo oferece a possibilidade de ações assertivas, as quais reduzem os desgastes dos equipamentos e das peças, com isso aumentando sua vida útil e reduzindo trocas desnecessárias.

Veja aqui: Análise de óleo como manutenção preditiva

Como funciona a análise de óleo?

A coleta é realizada com o auxílio do kit de coleta, com bomba, mangueira, frasco e ficha de cadastro. Pode ser feita por um profissional ou o operador das máquinas, só precisa haver algumas ponderações durante as coletas: uso de luvas, cuidado com o manuseio do frasco e mangueira para não serem contaminados antes da coleta, o que pode influenciar nos resultados.

A coleta é realizada quando há a curiosidade sobre o nível de contaminação presente no óleo; quando este apresenta problemas; ou antes da instalação de um sistema de filtragem – para identificar a eficiência do mesmo.

Os resultados da análise

Após a coleta, o frasco é enviado ao laboratório que retornará com as informações do nível de contaminação presente no óleo, bem como o tamanho das partículas e quais são os componentes contaminantes (areia, limalha, água…). Há vários ensaios de análises e diferentes amostras podem ser coletadas de diversas partes do equipamento. analise de óleo

Como resolver o problema da contaminação?

Após receber os resultados das análises e notar o estado de saúde dos óleos, precisa-se resolver as falhas antes que estas se tornem um problema.

Para o óleo que apresentar contaminação por partículas sólidas, as indicações geralmente são: 1) instalar um sistema de limpeza de óleo que seja eficiente na remoção da contaminação sólida; 2) detectar o ponto exato da contaminação e indicar se há a necessidade de trocar alguma peça, em casos de contaminação em equipamentos e maquinários.

Para a análise que indicar grande quantidade de água presente no óleo, o correto é investir em um sistema que seja eficiente na retenção de água; ou também identificar o local da contaminação e destacar se há a necessidade de troca de peças.

EBOOK: diferença entre filtragem e microfiltragem

Análise de óleo x Microfiltragem

“É melhor prevenir do que remediar”. O ditado popular se aplica também aos cuidados necessários com equipamentos, sejam das áreas industrias, dos transportes, da agricultura, ou da construção civil, por exemplo.

Desse modo, a análise do óleo tem papel fundamental na manutenção preditiva dos equipamentos. Isso porque, além de evitar perdas, ainda garante o perfeito desempenho e o aumento da produtividade.

Com a análise de óleo temos a informação de qual é o problema que está afetando os equipamentos, bem como podemos ter a noção de quais sãos os poluentes presentes no óleo, mas e para resolver o problema?

A utilização de técnicas de microfiltragem são essenciais para garantir a qualidade e a pureza de óleos e fluidos. O processo é extremamente eficiente, sendo capaz de eliminar micropartículas sólidas que contaminam o óleo, assim como é eficaz na remoção do excesso de água.

Normalmente tende a ser o método mais utilizado para reter contaminação sólida, bem como líquida. Trata-se de um processo moderno e eficaz para garantir a qualidade do óleo. A microfiltragem é extremamente eficiente, sendo capaz de eliminar micropartículas sólidas que contaminam o óleo, sendo eficaz também na remoção de água.

A microfiltragem é o processo capaz de conter as partículas que não são eliminadas pela filtragem tradicional, que normalmente retém somente resíduos grandes e médios. A tecnologia POC Filtros elimina resíduos sólidos de até 2 micras com eficiência absoluta em 99,6% (razão beta 300), onde separando as partículas que contaminam o óleo.

 

Quer saber mais sobre as vantagens da análise de óleo na manutenção preventiva ou sobre a microfiltragem? Entre em contato com os profissionais da POC Filtros que estão sempre à disposição para auxiliar na busca das melhores soluções para o seu equipamento.

poc filtros contato

Rolar para cima
× Como podemos ajudar? Available from 08:00 to 18:00 Available on SundayMondayTuesdayWednesdayThursdayFridaySaturday