Análise de óleo em máquinas agrícolas: 7 óleos para analisar

A importância de fazer análise de óleo e fluidos vem ganhando cada vez mais a atenção dos profissionais envolvidos com a área de manutenção. Afinal, o sucesso da atividade agrícola depende diretamente da boa performance dos equipamentos. Por isso, investir em técnicas de manutenção preditiva como a análise de óleo é essencial para melhorar os resultados no agronegócio.

Para ajudar neste processo preparamos uma lista com 7 óleos e fluidos que você precisa monitorar em sua frota agrícola.

análise de óleo em máquina agrícola

7 óleos e fluidos para monitorar em máquinas agrícolas
1 – Óleo de motor;
2 – Óleo hidráulico;
3 – Óleo do diferencial;
4 – Óleo de transmissão;
5 – Líquido de Arrefecimento;
6 – Graxas;
7 – Diesel.

Fazer a análise de óleo é um dos principais caminhos para garantir a extensão da vida útil dos equipamentos, assim como melhorar o desempenho e evitar gastos desnecessários (e altos) com manutenção. Isso porque o óleo em condições adequadas garante o perfeito funcionamento do sistema.

A análise é focada nos estados químicos e físicos do óleo, sendo possível identificar falhas, como mistura e abastecimento incorreto. Assim como um exame de sangue, o relatório aponta a presença de elementos contaminantes no óleo, assim como a quantidade de cada um. Com isso é possível saber se a situação foge dos padrões considerados normais.

Como funciona a análise de óleo na POC Filtros

Cabe destacar que o óleo, mesmo quando trocado, ainda conserva resíduos de contaminação do anterior. Desse modo, a falta de tratamento adequado pode acarretar em muitas perdas às empresas. Entre os principais problemas se destacam:

análise

  • Máquinas paradas;
  • Lentidão de desempenho;
  • Baixa de produtividade;
  • Dificuldade de operação;
  • Aumento de gastos com manutenção;
  • Necessidade de reposição de peças;
  • Desgaste acelerado de equipamentos e outros.
Quando fazer análise de óleo e fluidos em máquinas agrícolas?

Para saber mais sobre o período de coletas de análises recomendamos que você consulte um especialista da POC Filtros. Se preferir você pode seguir o Plano de Coleta que colocamos abaixo, nele você encontrará indicações médias (em horas) dos fabricantes para monitoramento de fluidos em máquinas agrícolas:

Colheitadeiras
1 – Óleo de motor – a cada 250 horas
2 – Óleo hidráulico – a cada 500 horas
3 – Óleo de diferencial – a cada 500 horas
4 – Óleo de transmissão – a cada 500 horas
5 – Radiador – a cada 1000 horas

Tratores
1 – Óleo de motor – a cada 250 horas
2 – Óleo hidráulico – a cada 500 horas
3 – Óleo de diferencial – a cada 500 horas
4 – Eixos – a cada 500 horas
5 – Óleo de transmissão – a cada 500 horas
6 – Radiador – a cada 1000 horas

Colhedoras de Cana
1 – Óleo de motor – a cada 250 horas
2 – Óleo hidráulico – a cada 500 horas
3 – Redução Final – a cada 500 horas
4 – Radiador – a cada 1000 horas
5 – Óleo de transmissão – a cada 500 horas
6 – Rolo picador – a cada 500 horas

Colhedoras de algodão
1 – Óleo de motor – a cada 250 horas
2 – Óleo hidráulico – a cada 500 horas
3 – Óleo de diferencial – a cada 500 horas
4 – Óleo de transmissão – a cada 500 horas
5 – Radiador – a cada 1000 horas

Pulverizadores
1 – Óleo de motor – a cada 250 horas
2 – Óleo hidráulico – a cada 500 horas
3 – Óleo de diferencial – a cada 500 horas
4 – Radiador – a cada 1000 horas
Fiz a análise de óleo. E agora?

Para óleo diesel não há um período mínimo de monitoramento, o ideal é evitar a contaminação do combustível para reduzir danos ás máquinas.

ANÁLISE DO ÓLEO NA MANUTENÇÃO PREDITIVA

Mas, como a análise de óleo é importante na manutenção preventiva? Simples. Profissionais da área explicam que o processo ajuda a detectar a contaminação do óleo por partículas, ou por água, por exemplo.

  • Água: a presença de água é bastante comum em óleo. Normalmente causa a corrosão acelerada de superfícies, o desgaste de peças, entre outros;
  • Partículas: são fruto do próprio processo de produção externa, como transformação de metais, de madeiras, mineiras, entre outros. Ainda ocorre de forma interna, com o desgaste natural de peças.

 

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato conosco e fale com especialistas.

Chame a gente no whats: (49) 9 9959-5612 ou ligue para: (49) 3319-9211

filtros poc contato

Rolar para cima
× Como podemos ajudar? Available from 08:00 to 18:00 Available on SundayMondayTuesdayWednesdayThursdayFridaySaturday