A importância da microfiltragem de óleo para a sua operação

Máquinas e equipamentos estão sujeitos à contaminação em diversos momentos de sua vida útil, seja no seu processo de montagem, armazenamento, seja durante sua operação normal. Muitas vezes, a contaminação e seus prejuízos gerados podem não apresentar indícios do problema, o que é preocupante. Uma vez despercebida, a contaminação pode progredir gradativamente e causar falhas maiores e danos gravíssimos.

Sendo assim, é fundamental o investimento em técnicas e procedimentos que possam avaliar com exatidão o estado de cada equipamento e seus componentes, evitando desgastes precoces e falhas gerais dos sistemas. Nesse sentido, é evidente a importância da microfiltragem de óleo como um dos principais métodos para o máximo aproveitamento da vida útil dos equipamentos e a economia de gastos.

Tal procedimento consiste basicamente na passagem do óleo lubrificante por um conjunto de filtros que realizam a eliminação das partículas contaminantes, permitindo uma lubrificação adequada, de forma a prevenir danos no equipamento. Diferentemente de processos de filtragem tradicionais, a importância da microfiltragem se dá pela sua capacidade de identificar contaminações sólidas muito pequenas, de até 2 micras. (1 micra é igual dividir 1 milímetro por 1000. Um fio de cabelo tem espessura de 40 micras).

Vantagens e a importância da microfiltragem

A microfiltragem realiza uma captação mais eficiente, podendo reter partículas de até 2 micras de tamanho. Essa técnica também pode ser empregada em óleos novos, já que ocorre de eles virem com partículas contaminantes direto da fábrica. Além disso, a microfiltragem também tem valor ecológico, uma vez que permite a reutilização do óleo hidráulico.

Realizando a manutenção de um fluido limpo dentro dos sistemas, a microfiltragem reduz os riscos de contaminação, com menor tendência para desgastes. Dessa forma, é favorecida a longevidade do equipamento e de todos os seus componentes. Assim, também é reduzido o número de paradas de operação necessárias e o tempo gasto com intervenções. Tudo isso gera melhores resultados de disponibilidade, produtividade e custos de manutenção.

 

Materiais - Análise e Filtragem de Óleo na Construção Civil

 

O que acontece se eu não utilizar a microfiltragem?

Sem a adoção desse procedimento, a sua linha de operação está sujeita à contaminação e a outros graves problemas para a produtividade de seus negócios. A ausência dessas medidas de controle e monitoramento causa desgaste dos componentes, entupimento de orifícios e formação de ferrugem e outros sedimentos.

Outras questões agravantes causadas pela contaminação são a perda de eficiência e produtividade, as paradas de operação desnecessárias, o excesso de trocas de fluidos e as falhas prematuras em válvulas, bombas e bicos injetores.

Todas essas consequências exigem intervenções mais frequentes e custosas, representando prejuízos drásticos para a economia de seu negócio. Para saber mais sobre a importância da microfiltragem e os principais motivos para adotá-la em seus equipamentos, leia a nossa postagem sobre o assunto.

Conclusão

A manutenção preditiva de seus equipamentos deve ser uma preocupação constante em seu ambiente de operações. Suas técnicas e procedimentos são fundamentais para o máximo aproveitamento da vida útil de seus equipamentos e para a economia de gastos. Dessa maneira, fica evidente a importância da microfiltragem como a principal ferramenta para garantir o bom estado do óleo lubrificante, bem como os melhores resultados de disponibilidade e produtividade.

Agora você já conhece melhor a importância da microfiltragem, mas não pare por aí: aprenda mais sobre as principais diferenças entre a filtragem e a microfiltragem em nosso post. Faça agora também uma cotação com nossos especialistas e confira tudo o que podemos fazer pelo sucesso de seus negócios!

Rolar para cima
× Como podemos ajudar? Available from 08:00 to 18:00 Available on SundayMondayTuesdayWednesdayThursdayFridaySaturday