Microfiltragem diminui custos: entenda como

A Microfiltragem é uma técnica de manutenção preditiva que consiste na separação física da umidade (água) e materiais particulados presentes em líquidos, óleos e emulsões.

Quem trabalha diariamente com equipamentos industriais, de transporte, na agricultura, ou na construção civil, por exemplo, sabe: em algum momentos surgirão custos, como os de manutenção. Isso faz parte do processo e normalmente está previsto dentro do orçamento das empresas.

No entanto, em algumas situações os gastos podem superar as expectativas, gerando uma quebra do orçamento planejado. Conforme profissionais do setor, isso tende a ocorrer quando são ignorados alguns cuidados necessários com os equipamentos. Um deles, explicam, é em relação ao óleo.

A contaminação do óleo, seja por meio de partículas, ou pela presença de água, gera problemas sérios, como:

  • Oxidação de bicos, bombas e motores de injeção;
  • Necessidade de  troca constante de filtros por causa da saturação;
  • Deterioração do óleo;
  • Falhas de motores e de máquinas;
  • Máquinas ou veículos paradas, o que gera a perda de dinheiro;
  • Redução da vida útil dos rolamentos e outras peças;
  • Aumento do consumo, entre outros.

Mas há uma maneira de reduzir e quase zerar, os problemas gerados pelo óleo contaminado: a microfiltragem. Empresas especializadas destacam que a microfiltragem diminui custos, pois garante a qualidade do óleo. Isso, por sua vez, assegura o funcionamento correto dos equipamentos.

 

Leia também: Microfiltragem: tudo o que você precisa saber!

 

Mas como microfiltragem diminui custos?

Tomemos como exemplo uma escavadeira hidráulica que trabalha a R$ 200,00/hora e com dois caminhões-caçamba a R$ 100,00/hora cada um. Com 10 horas de trabalho por dia, esses equipamentos somados resultam em R$ 4.000,00 de faturamento diário. Agora suponha que a escavadeira pare por problemas de contaminação do diesel ou hidráulico e que a manutenção leve três dias para resolvê-los.

Nesse cenário, o valor a menos de faturamento é de R$ 12.000,00 no fim do mês, sem contar transtornos de atraso de obras e custo da manutenção. Mesmo um problema aparentemente simples e pequeno pode gerar prejuízos significativos de desempenho e lucratividade. Logo, a manutenção preditiva é crucial, uma vez que garante o bom estado e o funcionamento do maquinário a custos bem menores.

A microfiltragem diminui custos por garantir a pureza de 99,6% do óleo. Cabe destacar que estando limpo, o óleo faz com que todo o processo ocorra de maneira regular. Isso, além de evitar problemas, ainda proporciona os aumentos de desempenho e de produtividade dos equipamentos. Ainda garante o aumento da vida útil e o óleo pode ser reutilizado. Por isso podemos afirmar que, com a microfiltragem, você reduz custos.

A contaminação do óleo

Por mais que os cuidados necessários sejam tomados no dia a dia, as chances de óleo ser contaminado sempre existem. A condensação da água, que costuma ocorrer através do ar que entra no tanque, assim como as variações de temperatura, são 2 exemplos.

O abastecimento com combustível de baixa qualidade, a limpeza inadequada, e as partículas resultantes do próprio processo de produção externa (transformação de metais, de madeiras, minerais, entre outros) são outros vilões do óleo.

Porém, o que causa problemas não é a contaminação por si só, mas, sim a falta de manutenção e de ação. Quanto mais tempo o óleo contaminado ficar circulando pelo equipamento, mais danos causará. É nessa hora que a microfiltragem diminui custos.microfiltragem reduz custos

Como a age a microfiltragem

A microfiltragem propicia a captação eficiente da contaminação, o que reduz os riscos de manutenções corretivas no futuro. A microfiltragem diminui custos ao garantir o menor desgaste das peças e dos equipamentos, aumentando a vida útil do maquinário e promovendo a plena produtividade. No em geral, há 3 os tipos de óleo que submetidos à técnica da microfiltragem:

  • Óleo diesel: quando contaminado, o diesel pode comprometer a produtividade dos equipamentos e apresentar falhas prematuras de bombas e bicos injetores. A microfiltragem garante a proteção do sistema de injeção contra a contaminação por partículas.
  • Óleo hidráulico: um sistema hidráulico contaminado pode apresentar falhas em bombas e válvulas, perder a eficiência por fugas internas, desgastar prematuramente o equipamento e demandar excesso de troca de óleo. A microfiltragem do óleo reduz o custo com manutenção e aumenta a eficiência do maquinário, prolongando também a sua vida útil.
  • Óleo lubrificante: a contaminação no óleo lubrificante pode comprometer a sua eficácia e acarretar maiores problemas aos equipamentos. Assim, demanda sucessivas paradas para manutenção e troca de peças, o que prejudica bastante a produtividade.

 

Leia também: Custo manutenção X custo máquina parada

 

Há ainda outros óleos que podem ser microfiltrados como: óleos vegetais e animais; óleos de corte; óleos isolantes; e óleos de compressores, entre outros.

Cabe destacar ainda que a microfiltragem diminui custos por ser um processo capaz de conter as partículas que não são eliminadas pela filtragem tradicional, a qual normalmente retém somente resíduos grandes e médios. A tecnologia elimina resíduos sólidos com poros entre 0,1 a 10 micrômetros, separando as partículas que contaminam o óleo. Ou seja, as partículas finas e ultrafinas de micras microscópicas.

 

Quer saber mais sobre as vantagens da análise de óleo na manutenção preventiva ou sobre a microfiltragem? Então entre em contato com profissionais da POC Filtros, que estão sempre à disposição para auxiliar na busca das melhores soluções para o seu equipamento.

Faça uma consultoria gratuita!

fale conosco

Rolar para cima
× Como podemos ajudar? Available from 08:00 to 18:00 Available on SundayMondayTuesdayWednesdayThursdayFridaySaturday