VÍDEO – Posso Estender a Vida Útil do Óleo Hidráulico e Lubrificantes?

É possível reutilizar o óleo hidráulico utilizando técnicas como análise e microfiltragem do óleo para aumentar a sua vida útil ou reutilizar fluidos hidráulicos e até lubrificantes. Esta ação torna o óleo em estado de novo, livre de grande contaminação e pronto para o uso novamente.

 

Se você assistiu ao vídeo já sabe que a resposta é sim! Para demostrar isso realizamos um Estudo de Caso:

Primeiro separamos 20 litros de óleo usado e retiramos uma amostra para análise. Na sequência realizamos a Microfiltragem do óleo por 24h. Depois deste período, mais uma coleta de amostra para os comparativos. Como você pode ver no vídeo, os laudos indicaram que a amostra de óleo hidráulico usado apresentou Norma ISO igual a 26/23/19, revelando grande quantidade de micropartículas de 4, 6 e 14 microns. Na amostra coletada após a microfiltragem houve uma queda acentuada destes contaminantes deixando o óleo em condições de uso, mesmo para COMPONENTES sensíveis como:

COMPONENTES Código ISO
Óleo Usado (hidráulico) 26/23/19
Bombas de Engrenagem 19/17/14
Reguladores de Pressão 18/16/13
Válvulas de Controle Direcional 18/16/13 
Bombas / Motores (palhetas – pistão) 18/16/13
Óleo Usado Microfiltrado (hidráulico) 18/14/12 

 

Contaminação em óleo hidráulico e lubrificantes

Todo sistema hidráulico requer a instalação de filtros ao longo de seus pontos críticos, que em geral são as linhas de retorno e as linhas de pressão.  Os mais comuns são os filtros instalados na linha de retorno, particularmente no caso de máquinas móveis, como tratores e escavadeiras. Além desses locais, os filtros podem ser instalados fora da linha, ou off-line.

Então, a principal vantagem da filtragem por diálise de óleo hidráulico é a retenção de partículas mais finas, porém nocivas, que não são capturadas pelo sistema de filtros acoplados à máquina em sua fabricação. Isso ocorre porque, graças à configuração da dobradura do elemento filtrante, esse sistema tem maior capacidade de retenção e demora mais tempo para entupir do que outros filtros mais simples. hidráulico

Cerca 80% das falhas nos sistemas hidráulicos são causadas por problemas originados por contaminação de partículas ou umidade no óleo. Conforme demostramos neste estudo de caso, utilizando técnicas como análise e microfiltragem de óleo é possível aumentar a vida útil do óleo e consequentemente melhorar o desempenho de máquinas e equipamentos.

Como ocorre a análise de óleo?

Conforme demostramos no vídeo, a análise do óleo é realizada após a coleta de uma amostra, a qual é levada para análise em laboratório. É importante salientar que podem ocorrer diversas análises, pois diferentes amostras podem ser coletadas de diversas partes do equipamento.

Leia mais: Quando fazer análises de óleos e fluidos em máquinas agrícolas?
Entenda a microfiltragem de óleo

A microfiltragem realiza a separação de partículas presentes em fluidos, óleos e emulsões em que os elementos filtrantes de profundidade atuam na remoção de partículas até 2 micras. A tecnologia permite que substâncias maiores que os poros sejam removidas do fluido circulante.

Os óleos diesel, lubrificante e hidráulico passam por um conjunto de filtros. O processo microfiltragem elimina as partículas de contaminação (água e micropartículas), evitando desgastes e danos ao equipamento causados pelo óleo.

Veja também: Qual o melhor elemento filtrante? 
Benefícios da filtragem de óleo hidráulico e lubrificante

Veja abaixo os principais benefícios da microfiltragem de óleos:

Eliminação da umidade (água); Remoção de partículas sólidas; Manutenção de aditivos; Aumento do intervalo das trocas de óleo; Diminuição do tempo de máquina parada; Bom para o meio ambiente; Redução de custos operacionais.

1 – Eliminação da umidade: a água sempre estará presente em óleos hidráulicos e lubrificantes devido à condensação causada pelos ciclos de aquecimento e resfriamento dos componentes de motores e equipamentos. Já nos combustíveis, como o diesel, por exemplo, ao se misturar com a água, o enxofre acaba por formar ácidos causando danos ao sistema.

2 – Remoção de partículas sólidas: sujeira e partículas metálicas sempre estarão presentes em sistemas hidráulicos e lubrificantes e é essa a principal razão pela qual é feita as frequentes trocas de óleo. Sistemas convencionais de filtragem removem partículas de tamanho aproximado a 25 micras, em quando sistemas de microfiltragem eliminam partículas de até 2 micras, reduzindo as chances de desgaste e aumentando a vida útil do óleo, bem como dos equipamentos.

3- Manutenção de aditivos: para aumentar a eficiência do óleo, é adicionada a ele uma carga específica de aditivos. Alguns desses aditivos incluem dispersantes, detergentes, inibidores de oxidação e ferrugem, anticongelantes, inibidores de espuma e quelantes. A microfiltragem remove a sujeira, contaminantes, partículas de desgaste metálico e água.  Com o óleo limpo, mantém-se intacta a carga de aditivos garantindo a manutenção da sua qualidade lubrificante.

Fale com profissionais especializados em  análise e microfiltragem de óleo

Quer saber mais sobre as vantagens da análise e microfiltragem de óleos? Entre em contato com nossos profissionais, que estão sempre à disposição para auxiliar na busca das melhores soluções para o seu equipamento.

fale conosco

Rolar para cima
× Como podemos ajudar? Available from 08:00 to 18:00 Available on SundayMondayTuesdayWednesdayThursdayFridaySaturday