Como é feito o elemento filtrante?

Os elementos filtrantes normalmente são fabricados com celulose, aço inoxidável, tela de aço, fibra de vidro ou sintética, polipropileno, polímeros e entre outros.

Podem ser compostos por tecidos, como estopa, algodão e feltro ou ainda de fibras de celulose e com uma escala de permeabilidade entre 10 e 50 micras nos de superfície e de no mínimo 1 micra nos de profundidade.

Quando menor a micra, menor é o tamanho da partícula de contaminação. Nesse caso, se um elemento filtrante consegue capturar micras menores, sua porosidade (espaço entre as fibras) é menor. 

Elemento filtrante de profundidade

Filtros de superfície e profundidade são meios filtrantes, assim como os elementos filtrantes. Nesse caso, são os responsáveis por reter a contaminação presente em óleos e fluidos.

O que difere o filtro de profundidade para o de superfície é a sua capacidade de “capturar” partículas de tamanhos diferentes e a maneira que fazem isso. Os de profundidade conseguem atingir as partículas menores e microscópicas, que são as que mais prejudicam os sistemas e as mantém no interior do filtro.

Filtros de profundidade são constituídos por uma rede aleatória de microfibras de granulometria bem pequena. Isso é o que garante que a filtragem não ocorra somente na superfície, mas em profundidade através de todo meio filtrante.

Elemento filtrante de superfície

Os filtros de superfície, como o nome mesmo diz, acomoda e conserva as partículas somente em sua superfície, o que apresenta menor espaço de armazenamento de contaminação, saturando mais rápido e permitindo que parte da contaminação passe juntamente com o fluido.

Costumam reter contaminação sólida e líquida com alta qualidade e eficiência em particulados menores (os que mais causam problemas aos equipamentos).

Importada da Austrália, a fibra de celulose longa é a grande aliada à eficiência do filtro, como vimos acima.

Os filtros de profundidade Austech

Sabemos que os filtros de profundidade retem a contaminação por todo o seu “corpo”, não somente pela superfície, nesse caso, aqui na POC Filtros nossos elementos filtrantes são de fibra de celulose longa, ou seja, possuem maior eficiência na retenção de particulados menores (2 micras na Razão Beta 300), comparado com os outros filtros.

Confira a seguir como é a fabricação dos elementos filtrantes de profundidade, Austech.

elemento filtrante

Na estrutura do elemento filtrante de profundidade, sua porosidade (espaço entre as fibras) é microscópica e o seu “corpo” funciona como um funil, com 80mm de parede filtrante – para armazenagem da contaminação.

Na parte superior é mais aberto, para receber a contaminação e, no decorrer do seu comprimento, afunila-se para receber e armazenar as partículas de contaminação. Tem altura de 165mm, largura de 110mm, cada elemento filtrante. Seu peso é de 1,2kg aproximadamente e é comercializado em pares. Sua estrutura é montada com um tubo central, arruelas da vedação e da tampa.

Vantagens do filtro de profundidade

Com isso, há mais espaço de armazenamento das contaminações (consegue capturar maior quantidade), retem partículas menores porque sua porosidade é menor e tem maior vida útil que filtros comuns.

Vantagens do filtro de profundidade Austech

Todas as mencionadas no item acima mais a qualidade absoluta de 99,6% de retenção em partículas sólidas de até 2 micras, isso na Razão Beta 300.

elemento filtrante profundidade

Preste atenção na Razão Beta do elemento filtrante

Na POC Filtros, consideramos que analisar a Razão Beta de um elemento filtrante é uma das melhores metodologias para a comparação de desempenho de filtros. Executada conforme procedimentos padronizados, sua aplicação permite mensurar a capacidade e eficiência do filtro na remoção de contaminação de acordo com os tamanhos das partículas.

Veja na tabela abaixo uma comparação da Razão Beta e a sua eficiência.

Razão Beta (x = tamanho da partícula em microns)

Eficiência
ßx = 2 50%
ßx = 10 90%
ßx = 20 95%
ßx = 75 98,7%
ßx = 200 99,5%
ßx = 1.000

99,9%

Lembrando que os filtros Austech têm eficiência de 99,6% em partícula sólida porque removem até 2 micras na Razão Beta 300.

Como montar o elemento filtrante?

Para a montagem você vai precisar de:

  • 1 anel quadrado da vedação;
  • 1 Anel redondo da vedação;
  • 3 anéis pequenos da vedação;
  • 1 Mola de pressão;
  • 1 porca para conexão;
  • 2 arruelas de metal;
  • 1 par de elemento filtrante com eficiência em 2 micras.

 


Fale com especialistas da POC Filtros e saiba como a filtragem e diálise de óleo podem cortar gastos com manutenção, além de reduzirem o impacto ambiental da sua empresa.

Chame a gente no whats: (49) 9 9959-5612 ou preencha o formulário.

poc filtros contato

 

Rolar para cima
× Como podemos ajudar? Available from 08:00 to 18:00 Available on SundayMondayTuesdayWednesdayThursdayFridaySaturday